Criolipólise

Criolipólise - Lipoaspiração não invasiva

A Criolipólise é diferente de todos os restantes tratamentos não-invasivos!
É o primeiro procedimento não cirúrgico, para redução de gordura, aprovado pelo FDA (Food and Drug Administration) e ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a criolipólise usa as temperaturas baixas para acabar com a gordura localizada. O aparelho é colocado na superfície da pele e em contato com a baixa temperatura, as células de gordura - chamadas de adipócitos – rompem-se totalmente. Em consequência, o corpo detecta que elas não fazem parte do organismo e expulsa-as naturalmente. O tratamento tem tanto sucesso que já é chamado de "a nova lipoaspiração", com a diferença da criolipólise não ser um procedimento cirúrgico.

Como é feita a criolipólise
A criolipólise é feita com a ajuda de um aparelho específico cujo aplicador se adapta perfeitamente às diferentes áreas do corpo. O aparelho realiza uma sucção da porção de gordura localizada. Ao mesmo tempo, a descida de temperatura destrói as células de gordura sem causar qualquer dano a nível de nervos, músculos e outras estruturas próximas. "Na prática o que acontece é a morte da célula de gordura".

A eliminação das estruturas dos adipócitos destruídos com a baixa temperatura é feita pelo sistema imune e a gordura do interior das células é conduzida ao fígado pelo sistema linfático para sua metabolização. Uma vez que o sistema linfático leva apenas uma pequena quantidade diária de gordura para ser metabolizada, não há perigo de sobrecarga do fígado nesse processo.

Indicações da criolipólise
A criólipolise é a opção idela para pessoas que tenham gordura localizada em algumas regiões corporais, o famoso pneuzinho. o procedimento elimina até mesmo aquela gordura incapaz de ser combatida com dieta e exercícios físicos.

Cuidados anteriores à criolipólise
Não é necessária uma preparação específica para a criolipólise.

A criolipólise pode ser feita em qualquer estação do ano, inclusive no verão. Mas se a ideia é que os resultados sejam notados no verão, o ideal é começar no inverno, já que o resultado completo pode demorar de dois a três meses.

Duração da sessão de criolipólise
O tempo de tratamento de uma área dura aproximadamente 45 minutos. A boa notícia é que a criolipólise pode ser feita em mais de uma região no mesmo dia sem riscos ao paciente.

Resultados da criolipólise
Uma sessão é suficiente ver resultados. Mas há casos em que são necessárias mais sessões. A partir do décimo dia a quebra de gordura já pode ser visível. É possível medir a diferença com a fita métrica, mas a melhor maneira de fazer a comparação são fotografias de antes e depois, na mesma posição.

Procedimento

  • Duração da sessão: 1h30.
  • Inicia a +5ºC e progride para -5ºC ou -10ºC, dependendo da sensibilidade inter-individual.
  • Na maioria dos casos, uma sessão é o suficiente.
  • Se houver necessidade de mais sessões, na mesma área, apenas podem ser realizadas de 2 em 2 meses. Em áreas distintas, pode ser realizada nova sessão após 1 semana.
  • Resultados finais visíveis após 3 meses.

Vantagens

  • Não cirúrgico
  • Sem anestesia
  • Sem agulhas
  • Sem cortes
  • Indolor
  • Resultados permanentes (desde que mantenha alimentação equilibrada e saudável)

Efeitos Colaterais Transitórios (minutos/horas)

  • Vermelhidão
  • Equimose/Hematoma
  • Hipersensibilidade local
  • Inchaço
  • Dormência
  • Formigueiro

Contra-Indicações

  • Gravidez
  • Hérnia local
  • Infecção local
  • Dermatite local
  • Cirurgia < 6 meses
  • Crioglobulinemia
  • Obesidade
  • Urticária ao frio
  • Hemoglobinúria paroxística ao frio
  • Neuralgia pós herpética
  • Neoplasia
  • Flacidez excessiva

A Criolipólise não é desgastante, nem cansativa! É um procedimento tranquilo, durante o qual é possível ler ou trabalhar no portátil, ou, simplesmente, relaxar.

Comments are closed.