Radiofrequência Tripolar

Radiofrequência Tripolar

A Radiofrequência tripolar é um sistema de aquecimento selectivo que actua na epiderme e nas camadas mais profundas da pele (derme, hipoderme). Promove o aumento gradual da temperatura nas células adiposas aumentado a sua combustão. Promove a regeneração celular e o aumento das fibras de colagénio e do metabolismo de fibroblastos.

É chamada de radiofrequência com Tecnologia Tripolar, porque usa 3 pólos para a obtenção de resultados profundos em tempo reduzido e de uma forma mais segura.

A radiofrequência serve para:

  • Melhorar a aparência da pele;
  • Melhorar a qualidade do colágeno e da elastina;
  • Reorganizar as fibras de colágeno e elastina;
  • Melhorar a microcirculação;
  • Melhorar a hidratação da pele;
  • Aumenta a oxigenação;
  • Acelerar a eliminação de toxinas;
  • Reduzir celulite;
  • Combater estrias e fibroses;
  • Melhorar o aspecto das cicatrizes;
  • Combater a gordura localizada na barriga, culote, flancos, braços, papada;
  • Combater a flacidez em qualquer área do corpo;
  • Combater a celulite por melhorar a firmeza da pele.

As contra-indicações da radiofrequência incluem:

  • Febre;
  • Feridas no local a ser tratado;
  • Durante a quimioterapia,
  • Em caso do indivíduo possuir doenças do colágeno que o quelóide, por exemplo;
  • Prótese metálica na região a ser tratada;
  • Gravidez;
  • Pacemaker;
  • Hipertensão arterial;
  • Diabetes pela alteração da sensibilidade no local a ser tratado.

Quantas sessões de radiofrequência fazer?
O número de sessões de radiofrequência a fazer vai depender dos objetivos da paciente mas os resultados podem ser sutilmente observados logo na primeira sessão.

Radiofrequência no corpo

Quando o objetivo é eliminar gordura localizada e tratar a celulite, dependendo da sua graduação, de 7 a 10 sessões serão necessárias.

Recomenda-se um intervalo mínimo de 2 dias entre cada sessão.

Comments are closed.